Cookies help us deliver our services. By using our services, you agree to our use of cookies. Learn more

Performance Polymers

À mercê dos elementos — ou protegido por Elastocoast® (PU)

Elastocoast® é um sistema de poliuretano novo e inteligente. É um aglutinante de dois componentes para reforços em áreas costeiras e estabilização de margens fluviais. Com poros tão abertos, é capaz de impedir a energia destrutiva da escalada de ondas, demonstrando sua capacidade para o aumento da segurança de costas e margens fluviais.

Benefícios 

Vantagens do Elastocoast® para proteção costeira e estabilização de margens fluviais 

  • Torna áreas costeiras mais seguras 
  • Poroso e permeável por água 
  • Reduz o custo de construção e de manutenção 
  • Absorve a energia de impacto de ondas 
  • Ecologicamente sustentável 
  • Robusto e com longo histórico 

Muita vezes, uma única boa ideia faz a diferença entre o desastre e a segurança

elastocoast_flooded_house.jpg

Proteção costeira e contra inundação com um sistema de PU inteligente

Especialistas preveem que o nível do mar pode aumentar em até 50 centímetros nos próximos anos como consequência do aquecimento global. Naturalmente, nenhum cientista é capaz de prever quando e como essa elevação vai ocorrer — ou suas consequências exatas.

Mesmo assim, isso ressalta a óbvia necessidade de intensificar atividades de proteção costeira e contra inundação e, especialmente, de elevar diques. Por outro lado, diante do investimento financeiro envolvido e por motivos práticos como falta de espaço, raramente é viável elevar diques.

Outro cenário perigoso é o galgamento em diques, pois a erosão decorrente no lado em terra resulta inevitavelmente na falha completa do dique. É aí que Elastocoast® abre uma dimensão totalmente nova na proteção costeira.

elastocoast_water_on_stone.jpg

Firme como rocha, com Elastocoast®

Reforços de declive com Elastocoast® são um novo e extremamente efetivo sistema de proteção costeira. Eles consistem de agregado (pedra britada) mecanicamente aglutinado com plástico de poliuretano bicomponente ambientalmente compatível.

Essa mistura é aplicada a diques, muros, paredões e outras proteções de orla previamente preparadas. O resultado é um baluarte altamente durável e resistente, seguro contra ondas e inundações.

Elastocoast® torna diques existentes mais seguros sem que precisem ser continuamente elevados. Em vez disso, uma camada externa de poros abertos impede que a energia das ondas ataque e destrua sua superfície.

A superfície protegida com Elastocoast® proporciona um mais alto padrão de segurança ao reduzir significativamente a escalada de ondas com sua estrutura energeticamente absorvente. A energia das ondas é distribuída ao longo de uma área maior, diminuindo as concentrações locais de pressão sobre a superfície. O reforço de declive como um todo é sujeito a menores tensões. Assim, é possível tornar diques antigos mais seguros, mesmo quando são totalmente galgados.

Até mesmo quando padrões mais altos de proteção costeira são necessários como resultado de mudança climática de longo prazo e elevação do nível do mar.

O sistema de PU pode ser usado para reparos descomplicados de diques mais antigos, pois Elastocoast® pode ser aplicado diretamente no reforço de declive já existente — sem pré-tratamentos elaborados e com muito menos mão de obra.

20100228 0013

Prevenção de inundações e estabilização das margens do rio

O que já se mostrou eficaz na proteção costeira também pode ser usado em margens de rios e canais. O objetivo aqui é também criar um revestimento forte e quase natural para consolidar as zonas costeiras e estabilizá-las contra as ondas induzidas pelo tráfego e - como no caso do rio Elba - contra as marés.

Na engenharia hidroviária, também existe a possibilidade de instalação subaquática onde a mistura de rocha-PU, após tempo de reação suficiente, é despejada na água próximo à margem e compactada. O princípio é tão simples quanto para a construção de diques e protege as margens da desintegração e danos causados por fortes correntes.

Elastocoast Pattaya_Thailand.jpg

As pedras usadas devem estar limpas e secas à superfície antes de serem processadas. Este é um requisito que parece difícil à primeira vista. Como mostram outros projetos realizados, certas medidas simples em relação ao manuseio e à logística eliminam esse obstáculo.

Elastocoast® consiste em aprox. 50% de ésteres de ácidos graxos vegetais, portanto, matérias-primas renováveis. Além disso, devido às cavidades de alta porosidade, fornece habitat adicional para animais e plantas. Além disso, os revestimentos Elastocoast® se integram facilmente à aparência geral da paisagem. Devido à transparência do material, é difícil separá-los do rip-rap de cor natural.

Antes que o material esteja completamente curado, a superfície deve ser coberta com areia seca para que o efeito visual seja adicionalmente ajustado e uma superfície antiderrapante possa ser criada.

elastocoast_stones_grass.jpg

Estudos biológicos da Universidade de Amsterdã mostraram que os revestimentos com Elastocoast® são colonizados pela flora e fauna típicas da região local em apenas algumas semanas.

Ao contrário das estruturas convencionais de defesa costeira impermeáveis, os revestimentos Elastocoast® com suas cavidades também fornecem habitats adicionais para o mundo animal e vegetal. E graças à transparência do material, o revestimento se integra visivelmente melhor à paisagem local.

elastocoast_stones_moss.jpg

Para demonstrar o impacto ambiental e os benefícios ecológicos da nova tecnologia Elastocoast®, uma extensa análise de ecoeficiência foi realizada. Isso envolveu uma análise do ciclo de vida de vários produtos e processos em termos de seu impacto no meio ambiente.

A avaliação ecológica é baseada na DIN EN ISO 14040 e 14044 e foi certificada pelo TÜV (Quadro de Controle Técnico) Berlin como um método geral. O Elastocoast® foi comparado aos métodos tradicionais de proteção costeira, como concreto e asfalto de pedra aberta (OSA) em uma superfície de 20.000 m².

O estudo mais recente (em 2014) do Instituto de Higiene Ambiental e Toxicologia de Gelsenkirchen, Alemanha, confirmou a segurança do sistema de PU na proteção costeira em termos de toxicologia e medicina ambiental.

Monitorização e controlos a longo prazo da estabilidade, resistência à erosão, recolonização, resistência à intempérie e água salgada, e muitos outros parâmetros demonstraram que as renovações Elastocoast® já atingem os melhores resultados nas contagens decisivas.

Espera-se que as estruturas de engenharia hidráulica tenham um tempo de vida de 20 anos e mais. Todos os materiais de construção em bases inorgânicas (ligadas a cimento) ou orgânicas (plásticos) estão sujeitos ao impacto de intempéries quando utilizados ao ar livre. Devem ser considerados especialmente os danos causados pela radiação ultravioleta, água salgada e geada. Os materiais PU são estabelecidos em aplicações ao ar livre, tais como revestimento de concreto e solo esportivo ou offshore, oleodutos e gasodutos resistindo ao ataque de água salgada.

O processo de degradação que ocorre na água do mar foi acelerado pelo aumento da temperatura em pequenas etapas até 80²C. Desta forma, os resultados podem ser extrapolados de volta a 20-30ºC. Esta extrapolação mostra que o material PU é totalmente estável em água salgada ou do mar à temperatura de serviço de 20 - 30º C e tem uma expectativa de vida útil de 80-100 anos.

O TUHH forneceu evidências de que existe uma persistência suficiente quando exposto à radiação UV, testado em equipamento especial desenvolvido para área de transição de água. A resistência à geada é assegurada por ensaios em conformidade com a norma DIN EN 13383-2.

Soluções sob medida 

Sob medida para requisitos individuais: apoiamos nossos clientes no desenvolvimento de soluções orientadas a aplicações. 

Entre em contato com um especialista!

Acordo do Usuário
Aceite a Política de proteção de dados e privacidade da BASF.

Leia aqui a política de proteção de dados e privacidade da BASF.

An error occurred while submitting this form. Error Code: